Buscar

GATO - ESTRESSE ASSOCIADO A DOENÇAS

É do conhecimento de muitos que os gatos são muito sistemáticos e gostam da rotina, e por esse motivo podem demorar a se adaptar a novas situações ou não aceitar mudanças, como mudança de casa, caixa de areia suja, novos animais e até a troca de ração ou troca de areia sanitária causando muito estresse ao seu pet levando a algumas alterações.



Os sintomas do estresse do gato podem ser tão variados como sua causa. Alguns dos sintomas estão relacionados a alterações gastroentérico como anorexia, vômito, constipação ou diarréia, alterações do trato urinário (cistite idiopática felina) e até alterações comportamentais tais como lambeduras excessivas, causando lesões de pele, micção fora da bandeja sanitária, miados altos e prolongados, agressividade e marcação territorial.


Alem do tratamento específicos para cada enfermidades apresentada devemos pensar em prevenir o estresse. A utilização de feromônio para acalmar gatos (Feliway) tem sido muito útil para transições que o seu pet esteja ou vá passar.

Outras maneiras de prevenir ou diminuir o estresse são:

Adquira arranhadores, que devem ter o dobro do tamanho do felino quando em pé e também prateleiras altas para o seu pet fazer de cama ou um ambiente para fuga;


Diversos brinquedos que estimulem os instintos naturais dos gatos;

Mantenha alem da caixa sanitária sempre limpa e em local tranqüilo e reservado, uma caixa sanitária extra;

Lembre-se sempre de cuidar da saúde do seu gato, realizando consultas periódicas no veterinário.


por: Doutora Jaqueline Kohatsu Lucena

Centro Veterinário Mundo Animal

Hospital 24h.

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo