Buscar

LEISHMANIOSE

Saiba mais sobre a doença que coloca em risco a vida de seu pet.






O que é Leishmaniose Visceral?


É uma doença infecciosa grave causada por um protozoário (Leishmania sp), que invade diversos órgãos dos animais, provocando severas lesões e podendo levar à morte.


Como ocorre a transmissão?

A transmissão ocorre quando o mosquito palha (flebotomíneo) pica animais infectados e posteriormente pica animais sadios.


Quais os principais sinais observados?

Perda de peso, falta de apetite, queda de pelos ao redor dos olhos e ponta das orelhas, crescimento exagerado das unhas, diarreia, hemorragias, dificuldade de locomoção, problemas renais e diarreia.


A Leishmaniose é transmissível ao Homem?

Sim. É uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida dos animais ao homem quando logo após a picada?

Não. O período entre a transmissão da doença e o aparecimento dos sintomas pode variar de dias a anos.





Quais animais podem servir de reservatório dessa doença?

O cão é considerado o principal reservatório, mas animais selvagens e outros animais domésticos também são infectados, dentre eles, os gatos, gambás e ratos.


Onde vivem os insetos transmissores?

Os mosquitos-palha vivem e depositam seus ovos preferencialmente em lugares úmidos, sombreados e na presença de material orgânico (folhas, frutas, raízes e fezes).


Como prevenir a doença?

Usar coleiras apropriadas que evitam a picada do mosquito, uso de antiparasitários específicos mensalmente, evitar áreas de risco, destino adequado do lixo doméstico (orgânico).


OBS: A vacina contra a Leishmaniose apresenta em média 50% de eficácia.

ATENÇÃO:

Mais de 50% dos cães infectados não apresentam sintomas, porém são transmissores da doença.

Nos cães, a Leishmaniose visceral pode ser fatal ou deixar graves sequelas.

Atualmente existe a possibilidade de tratamento em caso de cães positivos. Informe-se com seu Veterinário.

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo